Após 24 anos de perfeito discipulado, chegou o momento da separação. Sant Kirpal Singh já sabia da hora da partida de Hazur, assim como da sua própria. Ele descreve os últimos dias de Baba Sawan Singh.

Apesar de Hazur ter atingido a idade de noventa anos, Ele deixou de lado todos os seus confortos corpóreos e dedicou dezoito destes anos, vinte e quatro horas por dia ao serviço da humanidade. O resultado desse descuido em relação ao descanso corporal para o trabalho árduo e consistente chegou ao ponto em que Sua estrutura física não suportaria mais o fardo do cansaço; e com pedidos e súplicas contínuas de quase todos os indivíduos, Hazur cedeu a essas orações e estava propenso a descansar e procurar aconselhamento médico. Assim, em setembro de 1947, Ele veio para Amritsar para tratamento médico; mas antes de deixar Dera, foi constituído um comitê de gestão para a administração dos assuntos de Dera (Ashram). Na manhã de 12 de outubro de 1947, às sete horas, Ele me ligou.

Quando eu estava em Sua augusta presença, Ele disse: "Kirpal Singh Ji! Eu já atribuí aos outros todos os outros trabalhos, mas ainda não confiei minha tarefa de Iniciação Naam e trabalho espiritual a ninguém. O qual concedo hoje a Você para que esta ciência divina e sagrada possa florescer ".

Ouvindo isso, meus olhos se encheram de lágrimas, e aflito como eu estava, eu implorei, "Hazur! A paz e segurança que tenho em sentar-se aos Teus pés aqui, não pode ser tida em planos mais elevados ..." Meu coração estava cheio de angústia; Eu não podia mais falar e fiquei olhando – Hazur me encorajou e acariciou o tempo todo.

Sempre que tive a honra de estar a sós com Hazur, Ele falava sobre os assuntos internos do Dera e me instruia a como agir após sua partida. Durante os dias de Seu confinamento no leito da doença – nos últimos dias de fevereiro de 1948 – Hazur perguntou: "Quantas almas foram iniciadas por mim?" Os registros foram consultados e, depois de terminada a contagem, Hazur foi informado, "Até agora, cerca de cento e cinquenta mil almas foram despertadas por Hazur." Hazur disse: "Tudo bem." No mesmo dia, à noite, quando eu estava com Ele, Hazur disse: "Kirpal Singh, eu fiz metade do Seu trabalho e dei Naam a mais de um lakh (unidade no sistema numérico indiano que equivale a 100 mil) e meio de pessoas e o resto Você terá que executar. "Eu, com as mãos postas e palavras hesitantes, disse: " Hazur ... será como ordens de Hazur ... mas ... eu tenho um pedido ... Eu peço que esta última metade do trabalho também possa ser terminada por Hazur ... Nós vamos dançar como Hazur nos fará dançar ... Eu desejo que Hazur possa permanecer conosco e sentar apenas assistindo tudo isso, e todas as ordens serão cumpridas com a presença de Hazur ." Hazur ficou em silêncio olhando para mim.

1 - 2 April, 1948

Na manhã de 1º de abril, foi extremamente benevolente Hazur dar uma chance a esse humilde servo – claro que através da assistência de uma dama em serviço de enfermagem de Hazur – ficar ao lado do Mestre em reclusão por cerca de dez ou quinze minutos. Naquele momento, com o coração pesado, sentei-me perto de Sua cama e orei a Hazur: "Mestre, Tu estás acima do corpo e da influência corporal, despreocupado com os confortos e desconfortos, mas nós humildes e desamparados somos afligidos duramente e não podemos suportar a visão de Hazur assim sofrendo fisicamente. Tu tens todos os poderes. Iríamos ficar extremamente gratos se Hazur, muito graciosamente, removesse esta indicação de doença em Seu corpo." É verdade que a oração sucede onde todos os outros esforços humanos falham. Hazur com Sua maior benevolência aceitou esta oração. Depois da oração, quando abri os olhos, o corpo de Hazur estava em perfeito estado de repouso. A testa de Hazur estava brilhando resplandecente. Ele abriu Seus misericordiosos intensos olhos, intoxicados com o amor divino de Deus, e lançou um olhar para a minha humilde pessoa – ambos os olhos brilhando com radiância como os olhos de um leão. Inclinei a cabeça em adoração solene e silenciosa e disse: "É tudo benignidade de Hazur!"

Hazur ficou constantemente olhando em meus olhos por três ou quatro minutos, e meus olhos, em silenciosa admiração, experimentaram uma beleza indescritível que derramou a fluida intoxicação até os mais remotos núcleos de todo o meu corpo – como nunca antes havia experimentado na minha vida inteira. Então aqueles olhos piedosos se fecharam para não abrir novamente.

Assim, em Seu nonagésimo ano, às 8h30min da manhã de 2 de abril de 1948, este brilhante sol da espiritualidade, depois de difundir Sua luz nos corações de milhões de pessoas, desapareceu.

Sant Kirpal Singh

Viver sem o Mestre é muito difícil, insuportável. Sabemos que quando o Mestre parte, Ele nunca está longe do iniciado, mas o iniciado, como filho de homem, tem um grande sofrimento.
Mesmo agora, quando eu lembro do meu Mestre, eu choro. Mas Ele deixou Suas ordens. Por quê? Não há um porquê!

Sant Kirpal Singh

Hazur Baba Sawan Singh 

Durante a doença física, Hazur dava Seu darshan para o Sangat através de uma janela de Sua casa em Dera Beas. Kirpal Singh estaria em pé na multidão abaixo, e Hazur sempre lhe daria um gesto especial: um gesto com a mão, um gesto com os olhos ou um gesto com a cabeça para dizer-lhe que as coisas estavam bem.

Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.